Os Três Mosqueteiros, Alexandre Dumas

Título: Os Três Mosqueteiros
Autor: Alexandre Dumas
Tradução: André Telles e Rodrigo Lacerda
Editora: Zahar
Páginas: 788

Primeiro tenho que chamar a atenção para essa edição de bolso da Zahar.

É muito muito bonita, realmente uma edição de luxo. Além disso, o livro é leve e as folhas são grossas, o que facilita a leitura e o transporte  (que é afinal o propósito das edições de bolso).

Os Três Mosqueteiros

Agora, sobre a história.

Confesso que nunca tive muito interesse em ler Os Três Mosqueteiros, talvez por causa das várias adaptações para a TV e o cinema. Mas, ao ler este clássico, finalmente pude entender o por quê de tantas adaptações!

A história é na verdade uma série de aventuras que envolve personagens marcantes (e divertidos) numa trama perfeita para as telas do cinema.

Infelizmente, a meu ver, nenhum filme chega aos pés da obra de Dumas.

É preciso dizer, não há nada de inesperado ou arrojado no desenrolar do texto. É uma trama padrão, onde o herói é o herói, o vilão é o vilão e a mocinha é a mocinha. Mesmo assim, você se vê devorando o livro, querendo a cada página saber o que irá acontecer a seguir.

Embora os personagens ajam exatamente como se espera, não deixam de ter profundidade e motivação própria. São bem elaborados e convincentes.

Quem procura uma leitura leve e agradável – sem ser melosa – certamente a encontrará em Os Três Mosqueteiros de Alexandre Dumas.

Sem dúvida um clássico.
Recomendo a leitura.

Anúncios

One Comment

Deixe um Comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s