DIA INTERNACIONAL DO LIVRO!

E aí leitores!

O dia já está quase acabando, mas os blogueiros do “senta pra ler” desejam a todos os viciados e compulsivos por livros, fãs incondicionais e apreciadores de uma boa leitura, e aos simpatizantes em geral, um FELIZ DIA DO LIVRO!!!

Tangled-Read-a-Book

E neste dia especial, preparamos uma singela homenagem aos nossos queridos amigos de papel: vasculhamos na internet e selecionamos 10 célebres frases de personalidades que buscam definir o que é, ou o que representa, o livro. Aí vai:

10. “O verdadeiro analfabeto é aquele que aprendeu a ler e não lê.” – Mário Quintana.

9. “O autor só escreve metade do livro. Da outra metade, deve ocupar-se o leitor.” – Joseph Conrad. Continue reading →

Anúncios

1984 – George Orwell

1984 capaTítulo: 1984
Autor: George Orwell
Tradução: Alexandre Hubner e Heloisa Jahn
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 346 + Apêndice e Posfácio (414 no total)
ISBN: 978-85-359-1484-9

Antes de qualquer coisa, preciso dizer ao leitor que não pretendo esgotar o livro em todo seu conteúdo; vou apenas tratar de alguns temas importantes que são abordados nesta obra-prima. Por isso, se você já leu “1984” e, assim como eu, sentiu que poderia ficar conversando horas e horas sobre este livro, não se decepcione.

Minha intenção com esta resenha é outra: mostrar do que trata o livro e indicar a leitura. Se o leitor quiser discutir algo mais aprofundado com um dos blogueiros, entre em contato, ou então escreva seu comentário aqui embaixo; ficarei feliz em compartilhar as impressões sobre este livro.

Passo à resenha.

“1984” é genial. Esta obra apresenta um cunho crítico muito forte: pretende fazer o leitor acordar para a realidade, e perceber a alienação que há muito assombra a humanidade – o livro foi escrito na década de 40.

Ao final da leitura, fiquei perplexo em pensamentos. E, conversando com algumas pessoas que também tiveram acesso ao livro, descobri que não fui o único que reagiu desta maneira.

O livro apresenta ao leitor um mundo futurístico “diferente” (mas nem tanto!), no qual as pessoas são vigiadas 24 horas por dia por um partido político central, que determina todo o comportamento do povo por meio de uma filosofia/ideologia chamada Ingsoc – socialismo inglês. Então, o leitor é conduzido através dos olhos do personagem Winston Smith a este mundo onde o controle e a cesura são impostos à população.

big brohter

É interessante notar como o povo aceita o domínio do partido, pois é ignorante demais para conseguir se desvincular da ideologia partidária. No mais, aqueles que apresentam resistência e se opõem à filosofia do Ingsoc são excluídos do mundo, e vaporizados para a morte, uma vez que praticam o crime do pensamento – denominado crimideia em novilíngua, a língua oficial do partido. Continue reading →

Guia rápido para um cão feliz, de Cesar Millan – Um Livro Fora do Script

capaTítulo: Guia rápido para um cão feliz: 98 dicas e técnicas essenciais
Autor: Cesar Millan
Tradução: Sandra Martha Dolinski
Editora: Verus
Páginas: 203
ISBN: 978-85-7686-277-2

Caro leitor, se você acompanha o blog, sabe que o livro que vou comentar agora não pertence àquela lista de livros que planejei ler e resenhar ao longo deste ano de 2014. Porém, na minha última investida em compra de livros, adquiri alguns títulos diferentes daqueles pelos quais normalmente mostro interesse.

Portanto, mesmo que fora do roteiro, achei legal escrever a respeito do livro “Guia Rápido para um Cão Feliz”, escrito pelo especialista em psicologia e comportamento canino Cesar Millan, “O Encantador de Cães”, que ganhou fama após virar apresentador de alguns programas de televisão, todos relacionados à sua especialidade.

Cesar Millan3

O objetivo da obra é passar algumas lições ao leitor para ajudá-lo a conhecer e entender o comportamento canino. Assim, com uma linguagem muito simples e clara, César ensina a identificar e corrigir os maus comportamentos do animal, a fim de melhorar o relacionamento entre você e seu cão.

O livro é dividido em nove capítulos, e cada um deles trata de algum aspecto importante do comportamento canino, como “as leis naturais do cão”, ou “escolhendo o cão certo para você”. Continue reading →

A Menina que Roubava Livros – Markus Zusak

a_menina_que_roubava_livros

Título: A Menina que Roubava Livros
Autor: Markus Zusak
Tradução: Vera Ribeiro
Editora: Intrínseca
Páginas: 480
ISBN: 978-85-98078-17-5

Antes de comentar sobre a história deste livro, me senti compelida a confessar um pequeno acontecimento que me fez postergar a leitura até este momento.
Quando “A Menina que Roubava Livros” começou a ser vendido, um outro livro fazia grande sucesso de vendas.

Seu nome: “O Caçador de Pipas”. Na época eu era o que se pode chamar de “anti-sucessos” (sentia natural antipatia por qualquer obra que estivesse no topo da lista dos mais vendidos), então, é fácil concluir que eu não li “O Caçador de Pipas” (situação que até hoje se mantém).

O que quero dizer é que eu continuo ignorando o real conteúdo desse livro, mas, pelo que me lembro, a história é ambientada em algum lugar no Oriente Médio.

Não é que eu tenha algo contra essa região geográfica em particular, mas, a princípio, não fiquei interessada.

OK, então, eis que, logo depois de “O Caçador de Pipas” surge “A Menina que Roubava Livros”, com uma capa bem legal – Você viu a capa? Continue reading →