O Dia do Curinga – Jostein Gaarder

capa curinga
Título
: O dia do Curinga
Autor: Jostein Gaarder
Tradução: João Azenha Jr.
Editora: Companhia de Bolso
Páginas: 340
ISBN: 978-85-359.1024-7

Leitores deste blog maravilhoso! Hoje a postagem tratará do livro “O dia do Curinga”, de Jostein Gaarder, mesmo autor de “O Mundo de Sofia”. O livro é excelente, e vale muito a pena conferir a resenha. Vamos lá!

Hans-Thomas, doravante apelidado por mim como HT, é um garoto de 12 anos que embarca numa viagem fantástica e leva o leitor junto com ele. Acompanhado pelo seu pai, viaja pela Europa em busca do reencontro com sua mãe, que os havia deixado para seguir a carreira de modelo fotográfica.

O livro basicamente se desenrola nesta aventura. O pai de HT é um filósofo que ao longo do caminho desperta a curiosidade o filho – e também do leitor, assim espero – ao tratar de questões muito importantes, mas que hoje são esquecidas pela grande maioria das pessoas. Normalmente, estão atreladas à origem do mundo, ao sentido e à grandiosidade da vida.

Logo no começo, HT conhecesse um anão que lhe entrega uma lupa e diz que ela será útil no futuro. O mesmo sujeito baixinho ainda engana os dois viajantes e indica o caminho errado a ser seguido por aqueles, que acabam se desviando do rumo inicial da aventura e parando em Dorf, Suíça. E, não bastasse, ao longo de todo o caminho o anão aparece para HT em diversas oportunidades, dando a impressão de ser um fantasma, pela rapidez com que dá as caras e desaparece sem ser visto por outras pessoas.

Na cidade de Dorf, quis o destino (aliás, existe destino?) que HT entrasse numa padaria e conhecesse outro personagem muito importante pra história, o padeiro Ludwig.

Continue reading →

Não se desespere: provocações filosóficas – Mario Sergio Cortella

não se desespere - mario sergio cortellaTítulo: Não se Desespere: provocações filosóficas
Autor: Mario Sergio Cortella
Editora: Vozes
Páginas: 140
ISBN: 978-85-326-4502-9

Mario Sergio Cortella é um filósofo brasileiro com quem temos muito o que aprender. Eu já tinha ouvido falar deste magnífico sujeito, mas só ano passado resolvi assistir a alguns vídeos de suas palestras. O resultado foi muito empolgante. O cara é um gênio. Com palavras simples, muita sabedoria e um toque de humor (inteligente!), Mario Sergio cativa o ouvinte com facilidade e o leva a pensar – ou, se preferir, filosofar…

penso, existo, e dou umas risdas também

Investi, então, no livro que passo a resenhar.

“Não se desespere! Provocações filosóficas”. Um título bastante chamativo (a capa também: é amarela, com um baita ponto de exclamação. Dá pra ver de longe!!!).

Cada capítulo traz uma pequena lição; são alguns ensinamentos que nos fazem refletir sobre diversos assuntos e temas envolvidos com o cotidiano. A proposta do livro, então, é nos fazer pensar para evoluir.

Aliás, esta é uma das lições mais importantes que extraio do livro: pensar (discutir, argumentar, filosofar) nos leva adiante. Viver no “piloto automático”, fazer sempre as mesmas coisas e não reciclar as ideias significa ficar estagnado, não evoluir. Por isso, converse, discuta, argumente. E não dê tanto crédito a quem só concorda com você; esta pessoa não está interessada em lhe ajudar a andar para frente.

Este é só um exemplo de lição que traduzi aqui por que achei interessante. Devo dizer que desde que comecei a ler o livro, quis separar três ensinamentos legais para compartilhar no blog. Não consegui. Eu sublinhei vinte e seis passagens importantes.

Pois é. E acredite em mim quando digo que fui muito seletivo, por que tinha mais coisas bacanas pra trazer pro leitor. Vou deixar algumas outras frases para o final deste texto, porque gostaria de compartilhar um pouco das palavras deste ótimo filósofo brasileiro. Continue reading →

O Mundo de Sofia – Jostein Gaarder

O-Mundo-de-Sofia-Jostein-Gaarder-em-Epub-mobi-e-PDF
Título: O Mundo de Sofia
Autor: Jostein Gaarder
Tradução: João Azenha Jr.
Editora: Cia. das Letras
ISBN:85-7164-475-6

Philosophy-dictionary-definitionO Mundo de Sofia é um livro diferente; sua proposta é oferecer um “curso de filosofia” ou uma breve introdução à história da filosofia para o leitor que junto com Sofia Amundsen, uma jovem norueguesa de 14 anos de idade, irá refletir sobre as ideias de alguns dos mais influentes pensadores da humanidade.

Por conta desse diferencial não sei se uma resenha seria a melhor forma de abordar essa obra. Talvez seja melhor falar apenas sobre as minhas primeiras impressões ao longo da leitura.

Bem, no início o livro me pareceu chato e longo porque, afinal, é realmente uma espécie de curso de filosofia, ainda que disfarçado pela narrativa que tem como foco central na pacata vida de Sofia Amundsen.

Tudo muda quando Sofia começa a receber umas cartas misteriosas, com pergundas muito estranhas (do tipo “Quem é você?”, “Da onde viemos?” e “Foi Deus quem nos criou?”). Continue reading →