Em Busca de Um Final Feliz – Katherine Boo

EM_BUSCA_DE_UM_FINAL_FELIZ_1365208210P

Título: Em Busca de Um Final Feliz

Autor: Katherine Boo

Editora: Novo Conceito

ISBN: 9788581630328

Páginas: 288

Em Busca de um Final Feliz é o título adaptado para o português de Behind the Beatiful Forevers, escrito por Katherine Boo, jornalista americana casada com um indiano.

Apesar de eu compreender a necessidade de adaptar o título do livro para o português, achei que a tradução acabou ofuscando o ponto alto da reflexão que Boo propõe.

Behind the Beatiful Forevers quer dizer algo como “por trás da bela ideia de vida eterna”, fazendo alusão à crença hindu de Karma e reencarnação. Boo pretende nos mostrar o que há por trás da nossa visão pré-concebida e idealizada do que seria a Índia e seu povo.

Ao mesmo tempo, em sua narrativa questiona o verdadeiro propósito da filosofia que tanto associamos aos indianos (de que você sofre em uma vida pelos erros da vida passada, até que seu espírito aprenda alguma sabedoria e ascenda na cadeia Kármica a uma posição mais confortável).

A história é contada em forma de romance, embora seja oriunda de fatos reais observados in loco pela própria jornalista, que viveu e conviveu durante um ano na comunidade de Anawandi – uma favela que se desenvolveu atrás de um moderníssimo aeroporto de Mumbai (aliás, foram os operários que construíram junto com suas famílias que deram origem a Anawandi).

boo in mumbai

É como se as pessoas (reais) afetadas pelos eventos que se sucedem na narrativa fossem apenas personagens. São representantes das classes mais desfavorecidas, que lutam diariamente pela própria sobrevivência e a de suas famílias.

Pessoas normais, como eu e você, que tiveram a infelicidade de, num mundo cada vez mais capitalista, nascer em famílias pobres, miseráveis (karma?).

Vivem a margem, sem qualquer perspectiva de ascensão.

54824b684ecca_-_mcx-slumdog-0212-2-xl

Mas mantém viva a esperança.

Alguns acreditam que, com trabalho árduo podem conseguir juntar algum dinheiro e mudar-se com suas famílias para o campo, onde a vida seria mais saudável.

Outros sonham com o sucesso.

Muitos se perdem pelo caminho, no vício em drogas. Enquanto alguns buscam apenas meios de arranjar um prato de comida para o dia.

Outros ainda veem na corrupção sua passagem para a ascensão social.

De fato, pelos relatos de Boo, na Índia, a corrupção não é apenas um mal endêmico, é também um meio de vida.

Muitas das realidades retratadas apresentam grande semelhança com o que acontece no Brasil. Resguardadas as proporções e, é claro, as diferenças culturais de cada nação.

Em todo caso, devido as tristes circunstâncias que a jornalista testemunhou, é possível ver de relance como funciona a polícia local e os tribunais de justiça.

Corrupção, violência e indiferença são as três palavras que me vem a mente para descrever esse sistema de (in)justiça e desumanidade.

E no meio disso tudo, Anawandi e seus habitantes.

27slide3

Outras Informações

Se você se interessou pela obra e sabe ler em inglês, sugiro o site dedicado ao livro e principalmente a seção de perguntas e respostas a autora. Achei bem inspirador. (http://www.behindthebeautifulforevers.com/qa-with-katherine/)

mumbai_slum_book_543

Katherine Boo é jornalista ganhadora do prêmio Pulitzer, um dos mais famosos e respeitados do jornalismo americano.

Por que Katherine Boo ganhou o Pulitzer Prize?

Ela ganhou esse prêmio na indicação de Public Service (algo como Serviço Cívico) por denunciar através de reportagem publicada no Washington Post as condições precárias de negligência e abuso que ocorriam nos lares para os deficientes mentais da cidade, forçando as autoridades a reconhecer tais condições e implementar reformas. Ela foi premaida no ano de 2000, antes de escrever seu primeiro livro, Em Busca de um Final Feliz (aqui resenhado).

Fonte: http://www.pulitzer.org/citation/2000-Public-Service

Anúncios